Escada abaixo

Estávamos, Taís Viana e eu, levando equipamentos em um cinema pela entrada de serviço, quando o funcionários que nos ajudava pediu que tomássemos cuidado. O aviso era por isso: Para você que não identificou: milho de pipoca espalhado pelo chão. Pois é, estourou um saco de milho de pipoca de …

Que saudade!

Conversando com uma mãe no café, ela me contou que achava graça que passava o dia tentando fazer seu bebê dormir, e quando ele finalmente adormecia, sentia saudade. Mãe é um bicho muito estranho mesmo, de emoções paradoxais. Fiquei um tempão com este pequeno parágrafo acima sem postar porque não …

Very baby friendly

Uma das maiores dificuldades da saída com o bebê é a ausência de um fraldário, trocador ou alguém solidário às necessidades fisiológicas de um bebê. Eu, particularmente, sempre amamentei e alimentei onde (e como) fosse possível. Só que trocar fralda não é bem aceito em qualquer lugar. Até compreendo e …

Você você

Hoje é Dia das Mães. Corta. Duas semanas atrás. Noite de domingo. Casa dos sogros, todos dormindo. A TV ligada, nela o Chico Buarque revelando as histórias por trás das suas canções infantis. Tão tarde já, mas como desgrudar os meus olhos daqueles olhos tão azuis? A bailarina, o jumento, …

Um estouro!

Você tem ideia do que seja o “amontoado” que está bem no meio da foto? Dica: tirei a foto pelo lado de fora de uma bombonière de cinema. Estava passando na frente, cinema ainda fechado, porta da cozinha aberta. Até voltei e perguntei para checar se era isso mesmo. São …