Tomada, dispositivo próprio para se captar eletricidade de uma rede (Michaelis). Item muito, muito concorrido nos estabelecimentos comerciais como restaurantes, praças de alimentação e aeroportos. Mais visada que uma rede Wi-Fi, que também é bem valorizada no mundo dos “trabalhadores ambulantes”.

Já virou até um marcador aqui no blog. E piada na internet.

É exatamente assim que acontece o “drama” das tomadas. Considere que a de saia sou eu. 
Taís Viana e eu estávamos viajando quando me mostrou um saquinho que ela carrega pra lá e pra cá, com todos os adaptadores e carregadores possíveis e imagináveis. Para incrementar a confusão, mudaram o padrão das nossas tomadas e ainda estamos em transição: nem todos os locais e aparelhos estão com o novo formato. 
A sacola mais importante da viagem
“Pose” para a foto
Daqui a pouco vão inventar um guia que vai classificar os estabelecimentos pela quantidade de tomadas! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *