Fui ver Tropa de Elite 2 na sexta, dia de estreia. Eu e um mundaréu de gente querendo conhecer o destino do Capitão Nascimento.  

Meus comentários:

1) É um PUTA filme. Atuações impecáveis, roteiro “sem barriga”, ou seja, prende a atenção da primeira à última cena, de narrativa ágil e enxuta.

2) Tem violência em várias passagens (corpos queimados, corpos ensanguentados, gente levando tiro e apanhando feio) e também na história, que é um soco no estômago. Nada é exagerado nem gratuito, encaixa-se dentro de um contexto; em algumas partes, acho que o diretor até nos poupa de mais violência.


3) É barulhento, tem tiros em diversas cenas.


4) Tem bastante palavrões.


5) E tem cenas – acredite! – hilárias.
 

Eu a-do-rei o filme, fiquei bem mexida, não conseguia levantar da cadeira – e não só porque estou pesadona com meu barrigão de 9 meses, hehehe. 

Não o recomendo a puérperas que ainda estejam sensíveis, nem a famílias com bebês maiores, que já estejam falando, podem absorver um vocabulário pesado e compreender imagens mais agressivas. O som ficará mais baixo (no “padrão CineMaterna”), mas tiros são tiros e não podemos baixar demais – ou os diálogos não serão ouvidos.  

===

Fui ver o filme por motivos pessoais, mas acima de tudo, profissionais. Colocamos o filme em enquete “no escuro”, sabendo sim, que é violento e barulhento, mas sem saber o quanto e como, exatamente. O público tem pedido, é O lançamento nacional do ano. Foi um dilema. A solução foi colocar em enquete apenas aos sábados, ou seja, nas cidades que têm mais sessões e público e que estamos há mais tempo. 

Refletimos e discutimos muito entre nós, no CineMaterna, sobre este filme. Eu, particularmente, acho que não dar a possibilidade de o público ver o filme é uma espécie de censura prévia, um julgamento nosso do que é “adequado”. Ninguém é obrigado a assistir: é importante saberem o que estão para ver, por isso meus comentários. 

Pense e tome sua decisão de assistir ou não. Você pode optar por ver em DVD daqui a algum tempo – mas não compre DVD pirata!  

0 Comments

  1. Avatar
    Joyce e Julia Helena

    Boa surpresa. Já estava pensando em montar um esquema de guerra para deixar minha bebê com a avó. Agora posso ver Tropa de Elite sem pressa para voltar pra casa!
    Muito obrigada por mais esta oportunidade!

  2. Avatar

    Olha, ontem fui assistir Tropa de Elite 2 (marido ficou em casa enquanto o filho dormia), e lá pelas tantas, imaginei o filme no CineMaterna (eu já tinha lido este post antes do filme). A minha conclusão, obviamente pessoal, é de que não é uma boa idéia. Por dois motivos: primeiro, acho realmente muito barulho prum bebê escutar. Por mais que ele não entenda o significado, violência é violência. Acredito que aquilo fique registrado de algum jeito. E numa das vezes que fomos ao CineMaterna, o filme tinha alguns tiroteios e o Benjamín ficou super atento. Não desgrudava os zóio da tela. E me incomodou ele estar vendo e ouvindo tiros, mesmo sem saber que raios era aquilo.
    Segundo, o filme é daqueles que prende a atenção de tal maneira, que parar pra trocar fralda, acalmar, acudir, não orna. Sabe aqueles filmes que exigem atenção exclusiva? É assim. Penso que, pra assistir “mal assistido”, melhor não assistir…
    Mas vai de cada um, né?

  3. Avatar

    Eu ainda não assisti o filme e infelizmente não poderei ve-lo no sabado pelo Cinematerna, talvez o filme não seja apropriado para os bebes conforme a Natalia comentou, mas são bem atrativos para os papais participarem mais. Meu marido ficou todo empolgado ao saber da sessão pelo Cinematerna. Ele nunca ficou entusiasmado em ir à uma sessão por conta do que estava em cartaz, então eu nunca consegui "arrasta-lo" a uma sessão Cinematerna pra ele ver como é gostoso. Amanhã iremos na sessão Juntos pelo Acaso, no Market Place porque ele está de férias. Tenho certeza que ele vai gostar. Mas filmes como Tropa de Elite são um otimo atrativo para fazer os pais participarem mais e perceberem que ir ao cinema com o bebe é possível. Pensem na possibilidade de um outro sabado, para aqueles que não poderão neste, pleaseeee
    (rs)
    bjos

  4. Avatar

    Descobri o Cine Materna ha pouco tempo e estava toda animada para ir a uma sessao…mas terei que esperar. Meu filho tem 6 meses e ja presta muita atencao na tv, e sei que uma tela 100 vezes maior chamará sua atencao mais ainda. Acho que tudo tem limite – quem quer ver um filme violento, deve deixar o bebe em casa com a vovó. É a minha opinião.

  5. Avatar

    Creio que os bebês ainda não têm discernimento para entender o filme. Ok, podem ficar assustados com os barulhos, mas estes tb ocorrem nos outros filmes de ação, não? O que "assusta" um pouco é que é um filme mais real, pois mostra nossa realidade, infelizmente…

  6. Avatar
    Fádhia

    Acho super legal que o Cinematerna coloque em votação todo e qualquer filme, sem fazer uma "prévia censura".
    To com muita vontade de ver o filme, mas decidi não ir. Aliás, nem tive que avaliar tanto a questão pois desde antes do Chico nascer eu já pensava que queria evitar barulhos de tiros, gritos, violência… isso de modo geral. Nem telejornal eu assisto com ele por perto, porque acho que grande parte das notícias são trágicas e acho que de alguma maneira os bebês absorvem muitas informações do ambiente em que estão.
    Como é que isso se manifesta na vida deles eu não sei, mas prefiro fazer assim.
    O Chico tá com quase onze meses e adora passear na casa da vovó. Ela também vai ficar feliz em ficar com ele pra que eu e o papai vejamos o filme num outro momento.
    Mesmo assim, reforço que apóio o Cinematerna colocar todo tipo de filme em votação.
    Beijos!

  7. Avatar

    Eu acho o cúmulo um filme desses para um bebê. Não um barulhinho de vez em quando. É o tempo todo! Vai ser a maior choradeira!
    Mas também apoio totalmente a colocação de todos os gêneros em votação. Afinal, estamos numa democracia e, aqui, manda a maioria.

    Parabéns a equipe do cinematerna!

  8. Avatar

    Estava louca pra ver o filme e não tinha como. A sessão do Cinematerna foi um achado! Acho que a pequena não vai ligar muito porque ela quer mais é brincar e morder as coisas. Vamos ver o que vai ser! Não vejo a hora de chegar sábado!!

  9. Avatar

    Eu fui assitir a sessão no sábado com a Sofia de 4 meses, meu marido e minha mãe.
    Tenho q dizer q fiquei emocionada. Nunca vi tantos bebês juntos. A sala merecia muitas fotos, pois estava linda.
    Sai de lá tão mais aliviada. Parece clichê, mas foi tão bom saber q outros bebês também choram e gritam…rsrsrs
    A Sofia assistiu partes do filme, mas não acredito que tenha assimilado nada. Não se assustou e em nenhum momento tivemos q sair da sala, pois ao contrário do que faz em casa, passou todo esse tempo sem chorar..
    Adorei, pretendo ir muitas outras vezes, embora moremos em Guarulhos.
    Sabe q depois do filme a Sofia passou a rir mais…acho q até ela estava cheia de ficar em casa…

  10. Avatar

    Estava louca pra ir no cinema, e sem poder deixar o pequeno com ninguém o lance é ir com ele. Ainda bem que tem o Cinematerna! Mas… é muito difícil ir, pois os filmes escolhidos são sempre os piores da lista! (claro, na minha opinião..). Respeito a escolha de cada um, viva a liberdade! (mesmo que eu me exclua por isso, rsss). Mas "Tropa de Elite" me parece totalmente fora de contexto. Menos mal que o som é mais baixo, e quem gosta e acha que os bebês não sentem a que estão sendo expostos podem ir ao cinema. Mas quem prefere filmes brasileiros ou filmes de arte em geral fica de fora.. Abraços

  11. Avatar
    Anônimo

    Olá! Guria eu amo o cinematerna, e vou sempre que posso! Realmente é um ''espetaculo'' para as mamãe, contamos os dias para ir ao cinema com nossos filhotes! Porem, as vezes acho que precisamos ter noção que nem tudo é festa! Fui ver o Tropa de Elite com meu marido e deixei meu filho com a minha mãe! O filme é otimo, mais sai de la com dor nas costas de tão tensa que fiquem, o filme é forte, com um som que realmente nos deixa ''ligados'' no filme!
    Acho que não é um filme para um bebê ''assistir'', os que dormem não vão ter um sono dos melhores, e os que não dormem… bom… provavel que os papai e as mamãe não prestem muita atenção, pq o filme tira o foco…
    A minha dica é: deixem o bebê em casa, com as vovós…

  12. Avatar

    Pois é Letícia, concordo plenamente quando vc diz: "'Tropa de Elite' me parece totalmente fora de contexto. Menos mal que o som é mais baixo, e quem gosta e acha que os bebês não sentem a que estão sendo expostos podem ir ao cinema."

    Fiquei abismada quando vi este filme na lista de votação do Cinematerna e, mais ainda, quando soube que GANHOU com uma grande porcentagem dos votos.

    Mas… enfim. Gosto é gosto (não discuto) e, acima de tudo, estamos numa democracia. Havará sempre gregos e troianos e impossível agradar a todos.
    __________________________

    Polêmicas a parte, não posso deixar de parabenizar o Cinematerna pelo trabalho maravilhoso e extremamente organizado que é.

    Pena minha filha estar no limite da idade para ir ao Cinematerna comigo. Semana que vem será nossa última ida a uma sessão destas cheia de mães e bebês lindos… mas foi muito muito bom enquanto durou.

    Parabéns Irene, Alexandra e Taís. Este trabalho de vcs é lindo!!

    Beijos. Isa e Ana Clara.

    http://www.slingaredancar.blogspot.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *