E por falar em bebê corintiano, Jonas fez amizade na bilheteria do cinema.


Aproximou-se de um sãopaulino – segundo a mãe, porque o pai disse que ele é corintiano. Olha só a meia…


Acho que o pai corintiano só deixou a mãe colocar a meia porque é discreta. Bom, o bebê tem tempo para decidir. Já pensou se resolve ser palmeirense?

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *