Vidas em papéis

Temos quase 200 voluntárias ativas no Brasil. Ativas porque provavelmente temos a mesma quantidade de mulheres que já passaram pelo CineMaterna e saíram das equipes. A maioria, porque voltou a trabalhar, mas há aquelas que abriram um negócio, começaram uma especialização, ou mudaram de cidade. São todas mulheres, a imensa …

Depoimento interno

Renata Boulos é coordenadora no CineMaterna em São Paulo. Frequentou as sessões com seu filho, Pepo, e está na nossa equipe há mais de quatro anos. Escreveu um lindo texto para o jornal da escola Grão de Chão, que seu filho frequenta. Reproduzi aqui porque, mais do que falar do CineMaterna, …

Quem procura, acha!

Tivemos que soltar um anúncio procurando voluntárias para a cidade de São Paulo. Sabíamos que receberíamos muitas respostas, mas como há várias equipes com vagas, era a forma mais indicada. Eis que recebemos esta resposta “engraçadinha”: Mãe, promovida a colaboradora em Santo André (SP), promovida a coordenadora (na licença-maternidade de …

Que saudade!

Conversando com uma mãe no café, ela me contou que achava graça que passava o dia tentando fazer seu bebê dormir, e quando ele finalmente adormecia, sentia saudade. Mãe é um bicho muito estranho mesmo, de emoções paradoxais. Fiquei um tempão com este pequeno parágrafo acima sem postar porque não …

Café com prazer

O tal café pós-sessão. Chamado assim por conveniência, talvez por uma questão cultural (talvez tenha origem no “vamos tomar um cafezinho?”). Não precisa tomar café: pode ser chá, suco ou mesmo água. Mas tem o fundamental: a companhia de alguém que te entende, que está no mesmo momento de vida, …

Nosso Sean Penn

Você provavelmente já viu a hashtag #vemseanpenn. Explicando rapidamente: Ariel Goldenberg é ator, um dos protagonistas do filme Colegas e portador da Síndrome de Down (SD). O sonho de Ariel é que Sean Penn venha para a estreia de Colegas, que aliás, é amanhã, sexta-feira, 01/03. Gravou um vídeo, que virou hit …

Infância Clandestina

Na minha opinião, o cinema argentino é um dos melhores da atualidade. Pelo menos o que chega para nós, brasileiros, são filmes de altíssima qualidade, roteiros originais, com atuações esplêndidas. Sem pirotecnia nem efeitos especiais, tramas muitas vezes simples, que ao ler a sinopse nos faz pensar : só isso? Fotografia …

A hora de dormir

Toda mãe conhece… O que é ficar paralisada na mesma posição (desconfortável) na cama para o bebê não acordar. O tédio que é ficar quieta, no escuro, esperando seu bebê adormecer enquanto ele conversa, chuta, levanta o bumbum e dá risada. A angústia de estar com seu bebê doente, que …

Mãe perfeita

Esta é a Ana Garbulho, que foi doula pós-parto no nascimento do meu primeiro filho, Max. É ele quem está em seu colo, menos de 24 horas depois do nascimento.A doula pós-parto auxilia a mãe nos primeiros dias com um bebê recém-nascido, dá um suporte na  amamentação, observa a nova …

Mãe de primeira

Todas as mulheres que trabalham nos bastidores do CineMaterna são mães. A exceção era a Tatiana Storni. Pois é, ERA. Isa nasceu ontem pela manhã, em um parto tão rápido que não deu tempo de pedir analgesia. Parideira de primeira! Pequena Isa, bem vinda. Tati, sei que já lhe falaram inúmeras vezes, mas sim, …

Currículo divertido

Bom saber que há mães bem-humoradas pelo Brasil afora. Este texto chegou a nós como resposta a um anúncio para voluntária em Brasília: Sou relógio despertador, cozinheira, arrumadeira, professora, babá, enfermeira, cabeleireira, personal stylist, motorista, segurança, psicóloga, caixa eletrônico, parque de diversões, GPS (encontro tudo!) e estou de serviço 24 …

Gêmeos não vitelinos

Um bando de mães andando juntas costuma gerar situações inusitadas. Temos uma coleção delas. O caso em questão acontece quando temos duas ou mais mães caminhando em grupo, cada uma com seu bebê. Repare que não é necessário que os bebês sejam fisicamente parecidos, nem que tenham tamanhos semelhantes. Quando …

Um domingo

7h da manhã do domingo, meu filho caçula, desperta e não quer mais dormir. Meu marido o pega. Vou para a cama do mais velho. Uma hora depois, é a vez do mais velho se levantar. Vem então me acordar e me chantageia: se não levantar, não ganho presente. Levantamos e …

Equação materna

No Carnaval, viajei para Porto Alegre, onde mora a família de meu marido. Passamos o feriado na praia e a quinta e sexta-feiras pós-feriado, na capital. Dois dias normais de trabalho, crianças conosco, sem cuidadores. Quinta-feira: meu marido em teleconferência, trancado em um quarto, eu com as crianças na sala, …